Contador de visitas

sábado, 23 de junho de 2018

Quatro seleções já estão classificadas para as oitavas de final da Copa do Mundo

Copa do Mundo
 
 Com uma rodada de antecedência, Rússia, Uruguai, França e Croácia avançaram ao mata-mata.
 
Eurico Tavares / Agência Brasil


MOSCOU (RÚSSIA) - Quatro seleções já conseguiram classificação para as oitavas de final da Copa da Rússia, e não dependem mais de resultado na rodada final: Rússia (Grupo A), Uruguai (Grupo A), França (Grupo C) e Croácia (Grupo D). De outro lado, já estão sem chances as seleções do Egito (Grupo A), Arábia Saudita (Grupo A), Peru (Grupo C) e Costa Rica (Grupo E).
No Grupo E, o Brasil ficou mais próximo de continuar na copa após vencer a Costa Rica por 2 x 0: depende de apenas um empate para conseguir chegar às oitavas. De outro lado, a vitória da Nigéria por 2 x 0 sobre a Islândia manteve as esperanças argentinas de passar à próxima fase, mas situação é difícil. Ainda com chances, a Argentina não depende mais de si para continuar na Copa.
Nigéria, Argentina e Islândia vão disputar a última vaga do Grupo E na última rodada do grupo D, na terça-feira (26), às 15h. A Argentina tem que ganhar da Nigéria e torcer contra a Islândia. Se o time da Terra do Gelo vencer a Croácia, Argentina e Islândia vão disputar a segunda vaga nos critérios de desempate, a começar do saldo de gols. Nigéria pode se classificar até mesmo com empate.
Na última rodada, no mesmo horário das 15h, jogam Islândia x Croácia e Nigéria x Argentina. A Islândia precisa vencer o seu jogo contra a Croácia. Pode ser beneficiada com um empate entre Nigéria e Argentina se fizer melhor saldo de gols. Uma vitória da Argentina pode classificar a Islândia se esta também vencer pela mesma diferença de gols.
Situação definida no A
No Grupo A está mais fácil a definição. Rússia enfrenta o Uruguai na segunda-feira (dia 25), às 11h. Vão decidir o primeiro e o segundo lugares do grupo. A Rússia tem o empate a seu favor.
Egito e Arábia Saudita jogam apenas para cumprir a tabela pois não têm mais chances de passar para a segunda fase.
Chances de Portugal no B
No grupo B Espanha, Portugal e Irã disputam as duas vagas nas oitavas de final. Marrocos não tem mais chance mas pode influenciar na definição dos classificados.
A Espanha joga contra Marrocos e só uma derrota põe em perigo sua classificação.
Portugal joga pela vitória e tem o empate como alternativa de classificação. Em caso de derrota quem se classifica é o Irã.
Derrotas simultâneas de Espanha e Portugal classifica o Irã e deixa a outra vaga para ser definida no saldo de gols, ataque mais positivo ou menor número de pontos perdidos com cartões amarelos e vermelhos.
Ninguém tem posição de primeiro ou segundo colocado definidas.

Dólar sobe mesmo com atuação do BC; Bovespa fecha em alta

Economia
 
 A moeda norte-americana fechou a semana valorizada em 1,42%.
 
Imirante.com, com informações da Agência Brasil
 

BRASÍLIA - O Banco Central (BC) realizou na tarde de hoje (22) um novo leilão extraordinário de swap cambial (venda futura da moeda norte-americana) na tentativa de manter estável a cotação do dólar. O BC injetou US$ 1 bilhão, totalizando US$ 5 bilhões dos US$ 10 bilhões disponíveis para semana, porém a cotação da moeda fechou em alta de 0,53%, valendo R$ 3,7831. A moeda norte-americana fechou a semana valorizada em 1,42%.
O anúncio de leilões extraordinários de swaps cambiais começou na semana retrasada, quando temores da disputa comercial entre Estados Unidos e China e o quadro político na disputa presidencial de outubro, elevaram a cotação do dólar para acima de R$ 3,90.
O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou o pregão de hoje (22) em alta de 0,81%, com 70.640 pontos. O resultado positivo ocorre depois de uma queda acentuada ontem de 2,84%, que interrompeu uma semana com tendência de crescimento nos dois dias anteriores.
As ações da Eletrobras contribuíram com a alta no último dia da semana, fechando valorizadas em 4,36%. Os demais papéis das empresas de grande porte (blue chip) também tiveram alta, como Petrobras (0,13%), Vale (2,41%), Bradesco (2,26%) e Itaú (0,86%).

Total de mortes por Síndrome Respiratória sobre para 22 no MA

Agravamento
  •  
A doença pode ser causada por diversos vírus respiratórios; os mais comuns são o vírus sincicial respiratório (VSR), influenza B e influenza A, com seus subtipos A Sazonal, A H1N1 e A H3; 121 casos contabilizados só este ano

SÃO LUÍS - O Maranhão já registrou este ano 22 óbitos em decorrência da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRGA), de acordo com dados do Ministério da Saúde (MS) coletados até o dia 18 de junho. Desse total, duas mortes ocorreram devido a complicações com vírus da gripe A H1N1, três por causa da influenza (gripe) A não subtipado, uma por outro vírus, 15 não especificado e uma morte está em investigação. Um total de 121 casos foram contabilizados.
De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) é uma complicação, um quadro de agravamento da síndrome gripal (SG), em que, além de apresentar os sintomas gripais como febre, tosse, dor de garganta, dor de cabeça ou no corpo, a pessoa passa a apresentar também dispneia ou desconforto respiratório, piora nas condições clínicas de doença de base e hipotensão em relação à pressão arterial habitual.
O quadro clínico pode ou não ser acompanhado de alterações laboratoriais e radiológicas. Tanto a SRAG quando a SG, podem ser causadas por diversos vírus respiratórios. Os mais comuns são o vírus sincicial respiratório (VSR), influenza B e influenza A, com seus subtipos A Sazonal, A H1N1 e A H3.
Em reportagem de O Estado publicada no dia 9 deste mês, foi constatado que 12 mortes ocasionadas pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) tinham ocorrido no Maranhão durante este ano. De lá para cá, esse número cresceu em aproximadamente 90%.
Uma das formas mais eficaz de prevenir a gripe e a sua evolução é por meio da vacinação, conforme explicou Rita de Cássia Santos Carneiro, coordenadora de enfermagem do Centro de Saúde Paulo Ramos, situado no centro de São Luís, em reportagem publicada no dia 09 deste mês. “É de grande importância as pessoas tomarem essa vacina, principalmente o grupo prioritário, mais vulneráveis a essa doença, como idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional”, relatou Carneiro.
Segundo o Ministério da Saúde (MS), a influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Em geral, tem evolução por período limitado, em geral de um a quatro dias, mas pode se apresentar forma grave. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferta a vacina que protege contra os tipos A, B, C do vírus.
Meta vacinação
De acordo com o Ministério da Saúde, o Maranhão conseguiu bater a meta de vacinação contra a gripe no grupo prioritário, composto por idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. A meta era de 90%, o Estado alcançou 90,14% do público-alvo. A porcentagem representa um total de 1.689.524 pessoas imunizadas. Ao todo, 1.858.500 doses foram distribuídas. A campanha de vacinação tinha sido prorrogada até ontem. Com o término da campanha, a vacina contra a gripe continua disponível nas unidades de saúde.
Nota da SES
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, de modo preventivo, realiza capacitação técnica para profissionais de saúde dos municípios maranhenses para coleta e diagnóstico do vírus em circulação em nosso estado. A SES comunica que distribuiu doses da vacina contra a gripe para as 217 cidades, além de fomentar a ação das gestões municipais para garantir a vacinação do grupo prioritário, como recomenda o Ministério da Saúde, sendo esta uma das formas mais eficazes de prevenir os casos mais graves da doença. No Maranhão, 180 municípios atingiram a meta de 90% de cobertura vacinal, correspondendo a 82,94% do estado imunizado. Foram 1.336.922 doses aplicadas da vacina contra gripe.
Por fim, a secretaria, também, realiza o abastecimento de medicamentos para as 18 Regionais de Saúde e Região Metropolitana para tratamento dos pacientes acometidos pela gripe, além de estimular a notificação e a realização de exames nas unidades de todo Maranhão, seja pública ou particular.

Banco Central anuncia mais injeção de dólares no mercado de câmbio

O objetivo do BC é prover liquidez ao mercado, evitando a volatilidade da moeda norte-americana frente ao real.
PEDRO RAFAEL VILELA / AGÊNCIA BRASIL

BRASÍLIA - O Banco Central informou hoje (22) que continuará ofertando contratos de swap cambial, equivalente à venda futura de dólares, ao longo da próxima semana. O objetivo é prover liquidez ao mercado de câmbio, evitando a volatilidade da moeda norte-americana frente ao real.
“O BC reafirma que não vê restrições para que o estoque de swaps cambiais exceda consideravelmente os volumes máximos atingidos no passado”, diz o órgão, em nota. Além dos contratos de swap, o Banco Central informa que também realizará, na próxima segunda-feira (25), leilão de linha (venda de dólares com compromisso de recompra) no valor total de US$ 3 bilhões.
Na semana passada, em São Paulo, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, defendeu a intensificação do uso de swaps cambiais, em coordenação com o Tesouro Nacional, para dar liquidez ao mercado de juros, e afirmou que a instituição poderia ir além do recorde de recursos utilizado no passado, de US$ 115 bilhões. “Vamos intensificar seu uso no curto prazo”, declarou.
Na última terça-feira (19), no entanto, com menos pressões do mercado internacional, o Banco Central (BC) deixou de vender dólares no mercado futuro pela primeira vez desde 11 de maio.
Nesta sexta-feira (22), apesar das intervenções do BC com a realização de um leilão extraordinário de swap cambial na tentativa de manter estável a cotação do dólar, a cotação da moeda fechou em alta de 0,53%, valendo R$ 3,7831. O BC injetou US$ 1 bilhão, totalizando US$ 5 bilhões dos US$ 10 bilhões disponíveis para semana.
Leilões extraordinários
Em ação coordenada com o BC, o Tesouro Nacional confirmou a realização de leilões de compra e de venda dos seguintes de títulos da dívida pública na semana que vem. Nos dias 25, 27 e 27 de junho, serão negociadas Notas do Tesouro Nacional Série F (NTN-F), com com vencimentos em 01/01/2023, 01/01/2025, 01/01/2027 e 01/01/2029, além de Letras do Tesouro Nacional (LTN), com vencimentos em 01/07/2020, 01/07/2021 e 01/01/2022.
Já nos dias 26 e 28 de junho, serão realizados leilões de Notas do Tesouro Nacional, série B (NTN-B), com vencimentos em 15/08/2020, 15/05/2021, 15/08/2022 e 15/05/2023. As portarias dos referidos leilões serão divulgadas no dia útil imediatamente anterior às respectivas ofertas. O Tesouro Nacional poderá ainda realizar leilões adicionais, caso avalie ser necessário, disse o órgão.
Ainda segundo o Tesouro, ficam cancelados os leilões tradicionais de venda de Notas do Tesouro Nacional, série B (NTN-B) e de títulos prefixados (NTN-F e LTF) que estavam previstos para os dias 26 e 28 de junho.

Petrobras vai recorrer de decisão do TST sobre ação trabalhista

CRISTINA INDIO DO BRASIL / AGÊNCIA BRASIL

BRASÍLIA - A Petrobras vai recorrer da decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) sobre ações trabalhistas realizadas pelo Sindicato dos Petroleiros de 15 estados, que buscam a revisão do critério de cálculo do Complemento da Remuneração Mínima por Nível e Regime (RMNR), que, segundo a empresa, custariam R$ 15,2 bilhões.
O valor correspondente às ações está previsto na descrição de processos de natureza trabalhista que aguardavam julgamento, incluída nas demonstrações contábeis da empresa referentes ao primeiro trimestre de 2018. “Esse número é a melhor expectativa de previsão que temos neste momento. Não há uma mudança de expectativa nesse número”, disse a gerente executiva da área jurídica da Petrobras, Taísa Oliveira Maciel, na saída do tribunal.
No julgamento, que ocorreu ontem (21), o pleno do TST decidiu, por 13 votos a 12, que os adicionais previstos em normas coletivas, regulamento empresarial ou contratos individuais de trabalho não podem ser incluídos na base de cálculo para apuração do complemento da RMNR dos empregados da Petrobras.
Para a Petrobras, a RMNR corresponde a valores remuneratórios mínimos, estabelecidos em tabelas específicas, tendo como parâmetros o nível da tabela salarial, o regime e condição de trabalho e a região geográfica de lotação.
Conforme a companhia, essa política remuneratória foi criada e implantada em 2007, após negociação coletiva com as representações sindicais e aprovada em assembleias pelos empregados, sendo questionada somente três anos após sua implementação. “A disputa reside na inclusão ou não dos adicionais dos regimes e condições especiais de trabalho no cálculo do Complemento da RMNR”, disse a estatal por meio de nota.
A Petrobras informou ainda que a RMNR respeita as diferenças remuneratórias de cada regime e condição de trabalho e que contempla os adicionais previstos em lei e os “convencionados em Acordo Coletivo”.
Voto do relator
Na decisão, prevaleceu o voto do relator, ministro Alberto Bresciani. Para ele, a inclusão dos adicionais previstos na Constituição e na legislação trabalhista caracterizaria ofensa aos princípios da isonomia, da razoabilidade, da proporcionalidade e da realidade e limitação à autonomia da vontade coletiva.
Taísa informou que a companhia vai aguardar a publicação do acórdão da decisão e avaliar as alternativas de recursos cabíveis, dentro do próprio tribunal ou no Supremo Tribunal Federal (STF). “A Petrobras está absolutamente confiante de que vai reverter esta decisão”.
De acordo com a gerente executiva da área jurídica, não há efeito imediato da decisão para a estatal. “Vamos avaliar a decisão para entrar com os recursos, mas é importante dizer que não há nenhum efeito imediato econômico ou financeiro sobre a companhia e, tampouco, sobre a política remuneratória”, disse.
A gerente disse que o valor não está provisionado pela companhia para cobrir os gastos, porque ainda há espaço de recurso da decisão, que para ela teve um resultado de votação “bastante apertado”.

Colégio F.A.C. 2018

Fone: 98 991511922 / 98 3471 - 1316



quinta-feira, 21 de junho de 2018

Jogos do Brasil alteram rotina de diversos setores no estado

Copa da Rússia

Universidades, órgãos públicos, bancos, shoppings e escolas terão horários diferenciados durante as partidas da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Nesta sexta-feira (22), às 9h, a Seleção Brasileira de futebol entra em campo contra a Costa Rica pela Copa do Mundo. Com isso, alguns setores em todo o estado não funcionarão no horário das partidas, enquanto outros terão horários diferenciados, como no caso das lojas comerciais.
A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) informou que não há obrigatoriedade de fechamento dos empreendimentos comerciais nos dias ou turnos de jogos da Seleção. Ressaltou que cada lojista é livre para determinar o funcionamento de acordo com a conveniência da sua empresa.
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio) ressaltou que não existe negociação coletiva que determine os horários de funcionamento, mas que deixou para que cada empresário decida, individualmente, sobre a abertura ou não do estabelecimento durante os dias e horários de jogos. A data não é considerada nem feriado e nem ponto facultativo para o comércio.
Shoppings
No São Luís Shopping. o horário de início do funcionamento será alterado nesta sexta-feira (22). As lojas, quiosques, âncoras e Praça de Alimentação vão abrir às 12h; o Cinépolis começa a operar às 13h; já o Hiperbompreço abrirá às 8h.
O Shopping da |lha (Maranhão Novo) também terá horário alterado. Lojas, quiosques e a praça de alimentação abrirão das 11h30 às 22h, na sexta-feira (22).
No Rio Anil Shopping (Turu), como a partida será às 9h, a abertura será as 12h e o espaço funcionará normalmente até as 22h. Já no terceiro e último jogo da primeira fase, dia 27, o Rio Anil abrirá às 10h, interromperá o funcionamento às 14h30 e retomará as atividades normais das 18h às 22h.
Supermercados
De acordo com a Associação Maranhense de Supermercados, não existe uma diretriz para o funcionamento geral dos supermercados. O horário de funcionamento deve ser normal durante as partidas, mas cada supermercado tem liberdade para fechar, caso assim decida.
Os Supermercados Mateus, por exemplo, abrirá as portas normalmente, segundo a assessoria de imprensa. E não haverá paradas na hora do jogo.
Bancos
A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) divulgou, depois de circular enviada pelo Banco Central, que as agências bancárias terão alterado o horário de atendimento ao público nos dias dos jogos do Brasil durante a Copa do Mundo.
Nos dias em que o Brasil entrar em campo às 9h, as unidades bancárias devem abrir das 13h às 17h (Fuso de Brasília). O horário vale para todas as capitais e o interior.
Nos jogos marcados para as 11h, as agências abrem das 8h30 às 10h30. Fecham para a partida e reabrem às 14h, encerrando o expediente às 16h. Quando a seleção canarinho entrar em campo às 15h, o atendimento será das 9h às 13h.
Órgãos
Nos dias em que houver jogos do Brasil no período da tarde, o expediente na administração direta, indireta, autárquica e fundacional do poder executivo municipal será em turno único, das 8h às 13h. Já nos dias em que a seleção jogar pela manhã, será ponto facultativo.
Sendo assim, fica estabelecido ponto facultativo na sexta-feira (22), quando o Brasil joga contra a Costa Rica às 9h.
Já na quarta-feira (27), o expediente será único, das 8h às 13h, a ser cumprido inclusive pelos servidores que trabalham das 13h às 19h, em virtude da partida Brasil x Sérvia ocorrer às 15h. Ficam preservados o funcionamento dos serviços essenciais, como saúde, limpeza pública e fiscalização de trânsito.
Escolas municipais
Nos horários das partidas, não haverá aula nas escolas públicas municipais, conforme o expediente estabelecido na administração direta, indireta, autárquica e fundacional do poder executivo municipal durante os jogos da seleção na Copa.
UFMA
A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) informou que, conforme o estabelecido na Portaria nº 143, do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, em virtude da realização da Copa do Mundo, serão alterados os horários de expediente nos dias dos jogos do Brasil.
A portaria estabelece que, quando o jogo ocorrer pela manhã, o expediente terá início às 14h. Quando ocorrer à tarde, o expediente será encerrado às 13h. Ainda segundo o documento, os servidores terão que compensar as horas não trabalhadas até o dia 31 de outubro deste ano.
Justiça
O horário de funcionamento do Poder Judiciário na 1ª fase da Copa será de 8h às 12h, quando as partidas ocorrerem no horário vespertino. Nesse período, as sessões no tribunal serão realizadas normalmente. Quando o jogo da seleção ocorrer pela manhã, será ponto facultativo no Poder Judiciário do Maranhão.
Em caso de classificação para as etapas posteriores, serão mantidas as mesmas regras previstas da primeira fase para os dias de jogos da seleção. As horas não trabalhadas em dias de jogos serão compensadas.